Conquistando - Panaceia Cinábrio (Pedra Filosofal) Imortalidade

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Conquistando - Panaceia Cinábrio (Pedra Filosofal) Imortalidade

Mensagem por Kuro Lucifer em Dom Nov 29, 2015 9:31 pm

Era um dia um pouco chuvoso em Konohagakure quando alguns Anbus estavam de passagem para missões de Rank-S, Gaeshi estava entre eles que começavam dizer rumores interessantes, era algo mitico de se ouvir, um dos Anbus dizia aos outros sobre a existencia de uma arma celestial chamada Man'nōyaku Shinsa (Remedio Onipotente Cinabrio) eles diziam que este era dividido em duas partes, Panaceia (remédio ao qual é atribuído a capacidade de curar qualquer tipo de doença) e Cinábrio (sulfeto de mercúrio ou vermelhão nativo, o minério do mercúrio comum). A junção destas duas resulta em um item unico chamado de Pedra Filosofal (de acordo com o mito japonês, misturar o cinábrio com a panaceia resultaria em um elixir vermelho que concede a imortalidade, conhecido como a Pedra Filosofal). Gaeshi estava completamente interessado e perguntava aos Anbus que rumores eram estes:

- Gaeshi: Então, isso é mesmo verdade?
- Anbu: Não cara eu não acredito, mas diz-se que a muito tempo, antes mesmo da formação da lei mundial, dois clans fizeram uma guerra para obter essa pedra, porem esses clans foram exterminados e a Panaceia e Cinábrio foram selados em dois lugares diferentes.
- Gaeshi: Então pode me dizer onde?
- Anbu: E você acha que se eu soubesse já não teria ido atras? Isso me parece só uma grande mentira.
- Gaeshi: ...


'Depois de ter um dialogo com seus companheiros Anbus, Gaeshi decidia-se em ir atras destes dois itens, alias ele não teria nada a perder, pois a missão de Rank-S não tinha sido conssedida para ele, Gaeshi então colocava em sua mochila garrafas de água, alimento, antidotos, armamento ninja e pergaminhos. Depois de ter arrumado tudo saia de Konoha sem avizar a ninguem, tinha pesquisado por pessoas que sabiam bastante sobre esta lenda, uma delas estava no pais da chuva, um velho monge que sempre estava meditando dentro de sua residencia. Gaeshi seguia para este local passando varios e varios dias de caminhada, estes dias eram cheios, tinha que treinar, se alimentar e derrotar alguns renegados que tentavam roubar seus pertences, cinco dias se passavam até que chegasse no país da chuva, logo procurava saber com moradores de la onde poderia encontrar tal monge, eles informavam a Gaeshi sua localização no topo de uma torre (perto da localização onde estava Pain e Konan). Gaeshi seguia para onde estava este local e ao abrir a porta encontrava o monge meditando, onde já percebia sua presença:

- Monge: Quem está aí?!
- Gaeshi: Meu nome é Uchiha Gaeshi, eu não sou deste local.. Mas me falaram que você sabe algo sobre a Pedra Filosofal.
- Monge: Eu ficaria longe deste assunto se fosse você, acho que não gostara do que vai ver ao encontra-la
- Gaeshi: Sinto muito mas eu preciso.. Eu ando por todo mundo em busca de poder.
- Kurama: (Gaeshi.. Eu sei um pouco sobre esta lenda, é mesmo verdade, algumas pessoas nesta guerra usaram meu poder.)
- Gaeshi: (Então diga-me se oque ele me falar é mesmo veridico.)
- Monge: Esta pedra filosofal hoje em dia não está mais selada, mas já tem dois usuarios num sono profundo, estes estão dormindo a muito tempo, a pedra filosofal foi feita com as almas de todos os shinobi que faleceram nessa guerra sangrenta.
- Gaeshi: Entendo..
- Moge: Porem estes não estão nesta dimenção então é totalmente impossivel que alguem chegue até la.
- Gaeshi: E quais seriam estas dimenções?
- Monge: Dimenção de pedra e de lava, o chamado inferno.
- Kurama: (Sim, é verdade oque ele disse porem esta tranquilo tendo em mente que ninguem chegaria la)
- Gaeshi: Muito obrigado senhor, me interessei bastante em sua historia *Amenotejikara*
- Monge: Mas já foi?! hmmm eu nunca tenho uma visita *coça cabeça*


'Gaeshi surgia em um local distante dali onde teria deixado uma kunai usando um selo de sensoriamento, era então que mostrava seu Tomoe Rinnegan e abria um portal dimensional em sua frente, Kurama era totalmente contra em ir atras desse objeto, porem seria bom para os dois que ganhariam a imortalidade, Gaeshi entrava no portal e aparecia caindo na dimenção de lava, usava o caminho deva para voar, era um local extremamente quente, em todo canto só tinha lava e rochas, vulcões e obsidiana (alguem já esteve ali). Gaeshi vasculhava todo o local junto a Kurama que ajudava em sensoriamento, não tinha sinais de quase nada, até que avistavam um vulcão distante, aquele tinha uma mini-caverna, Gaeshi e Kurama concordavam em dar uma olhada la dentro, era quase certeiro, ali tinha um pergaminho de liberação, aquele liberaria o selo de um dos itens da pedra filosofal, estava muit quente, Gaeshi teria que se apressar, vasculhava muitos e muitos vulcões até achar um inativo, aquele tinha uma entrada grande, Gaeshi tinha certeza que ali veria algo, adentrava aquele local avistando uma caixa selada, estava se aproximando até que um dos guardiões aparecia:

- Kinshiki: Você quer isto? *apontava para o proprio peito onde a Panaceia estava* (material em forma de diamante)
- Gaeshi: Então era você..
- Kurama: (Troque de lugar comigo muleque)
- Gaeshi (Kurama): Ei ei.. sinto muito mas a gente vai te matar e levar isso ok? Não queremos brinc
ar..

'Kinshiki sem se apresentar estendia as duas mãos, em suas mãos haviam um Rinnegan em cada. Aquele fazia as rochas se moverem em direção a Gaeshi. Ao mesmo tempo Gaeshi estendia as duas mãos fazendo  com que duas paredes de pedra subissem defendendo o ataque de Kinshiki, o mesmo estava um pouco intrigado por ver os olhos de Gaeshi, também interessado, Kinshiki usava o caminho de Deva fazendo a gravidade apertar Gaeshi numa proporção titânica. Gaeshi usava o Amenotejikara trocando de lugar com uma rocha por tras de Kinshiki, usava sua espada negra e extremamente afiada para cortar ao meio o braço de Kinshiki, aquele se regenerava formando outro, Gaeshi ficava espantado e cortava a cabeça de Kinshiki ao meio, aquela começava a se regenerar novamente, Kinshiki sorria e usava o Shinra Tensei para mandar Gaeshi longe. Gaeshi voltava usando a forma Kurama gigante revestia a mesma usando o Susanoo e começava a golpear Kinshiki com a espada, Kinshiki defendia-se usando as mãos, a batalha durava por bastante tempo, o cenario estava totalmente destruido, Gaeshi fazia a Kurama criar uma Super Bijuu Dama e colocava duas espadas do Susanoo dentro tornando-se giratorio, atirava contra Kinshiki que desviava das mesmas, ao mesmo tempo juntava as duas mãos usando o Amenotejikara, trocava de lugar com outra rocha atras de Kinshiki e o acertava nas costas, aquelas rochas começavam a selar Kinshiki:

- Chibaku Tensei!





'Antes de selar Kinshiki que estava tentando se livrar sem sucesso, Gaeshi liberava o pergaminho e colocava um pouco de sangue em cima, aquele dizia "Kai" liberando a Panaceia do peito de Kinshiki, Gaeshi segurava-a e guardava o pergaminho dentro da mochila, rapidamente fazia com que o Chibaku Tensei caisse dentro da lava deixando-a selada la dentro, depois disso seguia abrindo um novo portal para a dimensão de pedra. Entrando la começava a voar pelo local, já obtendo a Panaceia, desta vez queria a Cinábrio, procurava por todos os locais possiveis, aquele achava um enorme castelo de pedra, adentrava la dentro derrubando a porta com um Katon: Gouka Mekkyaku, ao adentrar de cara já achava a caixa do pergaminho, ao lado um tipo de ogro sentado em uma cadeira, aquele obtinha uma fruta vermelha em sua mão:

- Momokishi: Soube que destruiu meu irmão.. Vou vinga-lo..
- Gaeshi: E eu vou destruir você junto a ele.


A batalha já estava travada ali, era então que Momokishi sacava de suas costas um machado vermelho e desaparecia "Amenotejikara" surgindo em cima de Gaeshi já executando um ataque do machado, o tempo parava um pouco até Gaeshi usar também o Amenotejikara e trocar instantaneamente do local, estava surpreso por aquele ogro ter a mesma habilidade especial, Gaeshi investia para cima de Momokishi usando suas duas espadas possuidas por Enton: Kagutsuchi, travavam uma batalha incrivel no local, aparecendo e sumindo em todos os lugares, Gaeshi cortava Momokishi o invenenando com a espada negra e cortava novamente formando um "X" com sua Kusanagi envoltoria de chamas, Momokishi formava outra fruta vermelha em sua mão. comia e já conseguia regenerar, seu poder almentava muito também, força, velocidade e todos os outros status alem da forma fisica, aquele sumia do local e aparecia em outro estendendo as duas mãos, lançava rajadas gravitacionais "Bansho Tein" fazendo com que Gaeshi caisse contra as pedras quase esmagando, Gaeshi usava o Susanoo para amenizar a força da gravidade, desta vez usava seu Rinnegan para jogar um genjutsu poderoso em Momokishi, dando uma realidade de morte ao mesmo, ao perceber ele já estava com um Chidori Onix enfiado em seu peito no nivel da Cinábrio, Gaeshi puxava o item a força e invocava Kurama no ar dando-a o traje majestoso de Susanoo, desta vez carregando uma espada gigantesca que selaria Momokishi para sempre, perfurando-o ao meio e sugando sua materia para dentro do chakra que se desfazia:

- Enton: Chidori Onix!





'Ao terminar o trabalho, Gaeshi segurava as duas materias e usando o chakra de Yin, fundia as duas deixando em uma forma de diamante vermelho de sangue, Kurama dizia a Gaeshi para que o ingerisse, Gaeshi ouvia os mandos de Kurama e engolia aquele diamante, logo vozes de sofrimento surgiam em sua mente, Gaeshi caia sobre o chão ouvindo os anseios daquelas almas pedindo por socorro sem parar por um unico minuto, aquela pedra adentrava no nivel do coração de Gaeshi puxando todas as vozes que se acalmavam, Gaeshi então estendia a mão direita podendo criar o fruto que regenerava totalmente o chakra e almentava ao mesmo tempo a quantidade, o corpo estava feito para aguentar proporções titânicas de chakra, maiores que os de Kaguya Ootsutsuki, Gaeshi abria o portal para voltar a sua dimenção e então invocava Kurama:

- Gaeshi: Realmente.. eu vi o inferno.
- Kurama: Eu tentei te avizar mas você não quis saber.
- Gaeshi: Vamos testar, mate-me
- Kurama: Tem certeza do que quer?
- Gaeshi: Sim
- Kurama: Confio em você muleque.


'Pos tais palavras, Kurama segurava Gaeshi com as duas mãos e o apertava com toda força possivel estourando o mesmo, o sangue que escorria sobre as mãos de Kurama voltavam em forma de materia, regenerando todo o corpo de Gaeshi, o seu chakra estava totalmente regenerado, era muito chakra, novamente Kurama voltava para o seu local e ambos iam caminhando para Konoha:

- Kurama: Deixa só seu irmão ficar sabendo disso..
- Gaeshi: Ele vai ficar furioso mas.. Acho que ele entende que é pro bem da vila


End
avatar
Kuro Lucifer
Anbu

Mensagens : 139
Yens : 7
Data de inscrição : 06/11/2015
Idade : 20
Localização : Mundo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum